Política e Sustentabilidade sob um ângulo crítico
Quinta-feira, 27 de Setembro de 2012
Conjuntura
Realmente a conjuntura socioambiental atual requer atenção. Por aqui o Código Florestal prestes a ser sancionado, esquartejando a proteção ambiental que já era praticada de forma frágil e com poucas punições. Além disso temos um ministério do meio ambiente que incide pouco sobre o conjunto do governo. Vale lembrar que a permanência da Izabela no MMA, diz a radio corredor, tinha o propósito de viabilizar os licenciamentos para os projetos do PAC, Copa etc. Até agora ela tem cumprido este papel, pra nossa infelicidade. Pra piorar, nao podemos contar com o Congresso Nacional, que, no geral, tem parlamentares pouco atentos a questão ambiental. Apostar todas as fichas nas empresas seria ingênuo demais e acreditar na forca dos movimentos socioambientais seria também impor um fardo maior do que se pode carregar. Sem eles, no entanto, estaríamos numa situação bem pior, a despeito das criticas ruralistas, de que as ONGs ambientalistas brasileiras estariam vendidas para interesses internacionais. Até parece discurso da ditadura....
Com estes contornos e configurações temos presenciado um momento complicado para a área ambiental. Fica uma sensação de estarmos perdendo batalhas importantes, que nos levarão a derrotas maiores no futuro. Nao me refiro a um futuro distante, mas num tempo que veremos num piscar de olhos, quem dera nossos filhos.
No cenário internacional a situação fica ainda mais dramática. Eleições nos EUA, crise econômica mundial, conflitos no Oriente Médio... No campo dos acordos, protocolos e convenções internacionais de cunho ambiental os olhos se voltam novamente para a COP 18, em Doha. Pouco será decidido, mas muito pode ser seu impacto sobre o planeta. Não apostaria muitas fichas aí, haja visto o que vimos de resultado na Rio+20: um conjunto de intenções para depois. É isso, o resumo da conjuntura ambiental atual se resume numa questão que fica pra ser resolvida depois. O problema é que este depois poderá ser tarde demais.


publicado por fabiodeboni às 01:30
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 26 de Setembro de 2012
Senado aprovado MP-571

Senado cumpre tabela e aprova texto que veio da Câmara da MP-571. O texto é infinitamente melhor para o agronegócio do que para a proteção ambiental. CLIQUE AQUI e veja os principais pontos. Resta saber se Dilma vetará novamente ou se aceitará esta versão....



publicado por fabiodeboni às 01:00
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 25 de Setembro de 2012
Rapidinhas

Pra variar, nem lá nos EUA nem aqui a agenda ambiental é um dos temas prioritários das eleições presidenciais. CLIQUE AQUI e leia. Pena, pois se Obama tivesse avançado mais neste campo talvez tivéssemos também o que comemorar por aqui.

 

Interessante estudo e mapa que revela o balanço da proteção ambiental na Amazônia. CLIQUE AQUI e conheça.

 

Dia Mundial sem carro, comemorado em 22/9, foi noticiado de forma negativa e pessimista pela mídia. CLIQUE AQUI e leia. Fica difícil remar contra a maré, ainda mais em tempos de redução de IPI...



publicado por fabiodeboni às 00:30
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 24 de Setembro de 2012
Lista de Municípios Desmatadores

Bela reportagem veiculada neste domingo no Globo Rural sobre a lista dos maiores municípios desmatadores da Amazônia. CLIQUE AQUI e veja o caso de São Félix do Xingu - PA, como um "mau" exemplo. No próximo domingo eles mostrarão um "bom" exemplo - Paragominas - PA.



publicado por fabiodeboni às 12:45
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 22 de Setembro de 2012
Destaques do fim de semana

Conversações entre os emergentes, exceto a Rússia, sinalizam aposta em acordo para assumirem metas no chamado período pós-quioto.

CLIQUE AQUI e saiba mais.

 

Dada como certa e fácil, a aprovação da MP-571 no Senado é um destaques da semana que se inicia. CLIQUE AQUI e leia. É nítido que quem mais saiu no lucro com a versão aprovada na Câmara foi a bancada ruralista. Reduziram as dimensões de recomposição de APPs na chamada "escadinha" e obtiveram a tão criticada anistia. Resta saber o que fará Dilma caso a matéria passe fácil pelo Senado.

 

Levantamento do Imazon, em parceria com o MPF, feito no Pará, revela que a maioria dos desmatadores de áreas protegidas naquele estado não foram penalizados. Isso na vigência de um Código Florestal mais rígido, imagine com um novo Código mais brando....CLIQUE AQUI e veja.

 

Direto para o Pantanal, é possível ver o impacto da redução da área de recomposição de APPs na chamada "escadinha" e constatar que o Pantanal também sofre profundamente com o desmatamento. CLIQUE AQUI e leia.

 



publicado por fabiodeboni às 21:42
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 21 de Setembro de 2012
Destaques de 6a feira

Projeto de lei aprovado na Comissão de Meio Ambiente da Câmara dos Deputados estabele a realização de consultas públicas em áreas com potencial de serem transformadas em Unidades de Conservação. O projeto segue agora para a CCJ. CLIQUE AQUI e leia.

 

MP 571 aprovada ontem na Câmara precisa ainda ser também aprovada no Senado, até o dia 8 de outubro. Se isso ocorrer, Dilma ainda pode vetar em parte ou na íntegra a MP e editar nova MP para começar todo o processo. CLIQUE AQUI e veja.

 

Sigla da moda na área de mudanças climáticas, REDD ainda vive um dilema entre um enorme potencial de arrecadação de recursos para viabilizar a manutenção da floresta em pé e as incertezas e lacunas na sua regulamentação pela ONU. CLIQUE AQUI e saiba mais.



publicado por fabiodeboni às 01:03
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012
Rapidinhas

Muito interessante estudo da Fiocruz e Fase revelando o Mapa da Injustiça Ambiental e Saúde no Brasil. CLIQUE AQUI e saiba mais.

 

Sobre a aprovação no Congresso do texto da MP 571, veja as opiniões dos dois lados da moeda. De um lado, Xico Graziano, baluarte do agronegócio. CLIQUE AQUI e leia a opinião deste setor. Já a visão ambientalista é diferente, e sinaliza uma clara vitória dos ruralistas. CLIQUE AQUI e veja.



publicado por fabiodeboni às 00:38
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 19 de Setembro de 2012
(I)Mobilidade Urbana

Bela reportagem de Página 22 sobre os desafios da mobilidade urbana nas grandes cidades brasileiras. Em tempos de redução de IPI para automóveis, de aumento no poder de compra do brasileiro e da falência do transporte público, nunca se vendeu tanto carro no país. O texto não vilaniza o carro, mas procura identificar várias dimensões presentes neste debate. 

CLIQUE AQUI e leia.

Um dos maiores legados almejados para a Copa doMundo seria no campo da mobilidade urbana. Entretanto, o que se vê em muitas cidades-sede da Copa é que algumas destas obras ou estão atrasadas ou já foram descartadas. Em Brasília mesmo o projeto do VLT está parado, embargado e não ficará pronto nem para a Copa nem depois dela....

 

A propósito, dia 22 de setembro comemora-se o Dia Mundial sem Carro. Excelente mote para este debate....



publicado por fabiodeboni às 00:41
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 18 de Setembro de 2012
Dilma e a Mídia

Belo texto do blog do Rodrigo Vianna sobre a relação estranha entre Dilma e a grande mídia. No início do texto ele enumera os retrocessos nas áreas de cultura e meio ambiente como uma cara mais de "centro" do governo Dilma. O texto é uma boa análise de conjuntura sobre o momento político atual - julgamento do mensalão, eleições municipais, etc. 

CLIQUE AQUI e leia.



publicado por fabiodeboni às 01:17
link do post | comentar | favorito
|

Angola

Da Galícia (Espanha) para Angola....

Reportagem mostra a influência brasileira em solo angolano. Estive por lá em 2007 e pude ver de perto um país em reconstrução. No campo da EA pudemos também dar alguma contribuição à EA angolana.

Na notícia, CLIQUE AQUI e leia, pode-se ver o ritmo acelerado da economia angolana. Se o aspecto político no país ainda está longe de ser considerado democrático, em breve Angola assumirá a ponta (na África) em termos de PIB. Imagine a que custo isso vem acontecendo....



publicado por fabiodeboni às 00:42
link do post | comentar | favorito
|

quem sou eu?
pesquisar
 
Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
25
26
27
28

29
30


Estatísticas de Acesso
arquivos

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

textos recentes

Repensando a filantropia

Lula e a destruição da me...

Análise política

Sensacionalista

Visão política

Entrevista - Boaventura

Fim do golpe?

A crise e a mídia

Marina

O silêncio de Marina

links
blogs SAPO
subscrever feeds